Há 6 anos, o Vale do Itajaí estava pintado de branco pela neve

Em Guabiruba, o gelo acumulou nas áreas mais altas do município, formando um espetáculo inesquecível

Há exatamente 6 anos, entre os dias 22 e 23 de julho de 2013, moradores do Vale do Itajaí acordaram naquele início de manhã de terça-feira com uma vista digamos, incomum: árvores, carros e principalmente as montanhas, tudo coberto por um tapete branco, a NEVE!

As pessoas puderam abraçar o frio naquela manhã de uma maneira que não se via há mais de três décadas. Segundo Ronaldo Coutinho, da Climaterra, aquela nevasca de 2013 atingiu mais de 150 municípios em SC.

Em Guabiruba, a neve chegou a acumular nas partes altas dos bairros Aymoré, Lageado Alto e Planície Alta.

Um dia antes

Lembro-me bem daquela tarde de segunda-feira. Caia uma fina garoa em Brusque e minha estação fixada no bairro Rio Branco registrava então, não mais do que 8 ºC. As previsões feitas pelos meteorologistas apontavam para a ocorrência deste fenômeno de forma severa no dia seguinte apenas nas regiões serranas do estado onde é mais comum se observar nesta época do ano, sendo que “eventualmente”, de forma mais isolada em pontos elevados do Alto Vale do Itajaí.

Pois chegava a noite e o frio aumentava de intensidade. Mal poderia imaginar o que estaria por vir no início da madrugada seguinte, quando então, tínhamos apenas 0,2 ºC de temperatura e contrariando a tendência dos locais ditos nas previsões, flocos de NEVE começavam a cair em pleno centro de Brusque.

Na área urbana de nosso município, a ocorrência foi discreta, porém, nas áreas rurais e partes montanhosas, como exemplo o Monte Barão, aquele dia amanheceu branco, com aspecto lembrando um cenário europeu o que despertou a curiosidade de muitas pessoas.

Um dia para ficar marcado na história dos brusquenses e moradores do Vale do Itajaí.
Aquele julho de 2013 teve uma média mensal de temperatura que ficou em apenas 16,3 ºC em Brusque, dados das minhas estações meteorológicas.

Sem previsão de frio intenso até o final do mês em Brusque

Temperaturas da madrugada devem oscilar valores entre 13 e 17 ºC nos próximos 7 dias

Em conversa que tive com a meteorologista Tatiane Weber, do ALERTABLU nesta tarde de quarta-feira (24), a indaguei sobre sobre o que nós brusquenses podemos esperar do tempo, especialmente do frio para os próximos dias.
Pude então constatar junto a esta profissional, que a região de Brusque não terá frio intenso pelo menos até o final de Julho.

Os últimos dias do mês serão marcados por temperaturas amenas para a época do ano durante as madrugadas em nosso município, valores que irão oscilar marcas mínimas entre 13 a 17 ºC neste período.
Alguma projeção de frio mais acentuado para os primeiros dias de agosto na nossa região, porém, ainda é cedo para qualquer conclusão mais detalhada a respeito.

Com relação ao tempo de um modo geral, não estão previstos volumes significativos de chuva para os próximos dias. Chance de instabilidades entre sexta e domingo no Vale do Itajaí Mirim, conclui Weber.

Brusque deverá ter a tarde mais quente da semana

Temperatura máxima em torno dos 30 ºC nesta quarta-feira (24)

A madrugada desta quarta-feira (24), a exemplo dos dias anteriores, novamente teve a presença do nevoeiro em Brusque.
O dia amanheceu com temperaturas entre 14 e 17 ºC e a tendência para hoje indica tempo seco e o sol deve aparecer por entre variação de nuvens. Destaque para o aquecimento na parte da tarde, com as temperaturas máximas podendo chegar aos 30 ºC em nosso município, segundo nos informa a meteorologista Tatiane Weber, do ALERTABLU.

Abaixo estão os valores deste amanhecer de quarta-feira por todo o Vale do Itajaí Mirim, em seus respectivos locais descritos em anexo, dados extraídos da minha rede de estações meteorológicas padronizadas:


Um belo final de tarde em Brusque

Quem teve a oportunidade de olhar para o céu de Brusque no final da tarde de ontem, terça-feira (23), se deparou com um belíssimo cenário protagonizado pelo pôr do sol em contraste com as nuvens.
Registrei este momento e as imagens trago a seguir: