Agosto mais seco em 8 anos termina com chuva em Brusque

Já tinha muita gente com saudades de uma paisagem molhada


Uma nota para os acertos dos meteorologistas? 10, com louvor! Pelo menos nas previsões deste sábado, último dia do mês, por sinal, o agosto mais seco em pelo menos 8 anos em Brusque, segundo dados extraídos junto à minha rede de estações meteorológicas. Abaixo os dados históricos com os referidos volumes de precipitação/mês neste período no município:

Agosto de 2013: 151,8 mm

Agosto de 2014: 108,6 mm

Agosto de 2015: 27,4 mm

Agosto de 2016: 139,8 mm

Agosto de 2017: 107,4 mm

Agosto de 2018: 57,1 mm

Agosto de 2019: 23,0 mm (Dados aferidos até às 15 horas deste sábado)


Aumento de nuvens na tarde deste sábado em Brusque já com registro de chuva em alguns bairros do município.


A tão esperada chuva está chegando aos poucos ao Vale do Itajaí Mirim, em forma de pancadas ocasionais e mal distribuídas o suficiente é claro, para regar as plantas e melhorar a qualidade do ar, mas pouco significam no sentido de repor mananciais.
Para este sábado então, tudo certo, ou seja, chuva a partir da tarde tanto na projeção feita pelo Climaterra bem como Alertablu e Epagri/Ciram.

Mas a temperatura ficou um pouco diferente do previsto ontem pelos profissionais. A projeção de 30 ºC de máxima hoje em Brusque não foi atingida nos termômetros, que tiveram picos na casa dos 25 ºC.

E por falar em temperatura, a média ficou dentro da normalidade para agosto, fechando o mês em 17,9 ºC.
A seguir os brusquenses têm uma comparação com anos anteriores:

Agosto de 2012: 17,9 ºC

Agosto de 2013: 17,1 ºC

Agosto de 2014: 19,1 ºC

Agosto de 2015: 21,2 ºC

Agosto de 2016: 17,7 ºC

Agosto de 2017: 18,7 ºC

Agosto de 2018: 16,7 ºC

Agosto de 2019: 17,9 ºC

Chuva e frio; semana deverá terminar com mudanças no tempo em Brusque

Imagem desta tarde ensolarada com temperaturas em elevação em Brusque, porém, os termômetros podem declinar até 10 ºC entre o sábado e o domingo no município


O tempo deverá mudar completamente em Brusque neste final de semana, segundo nos informa o ALERTABLU.
Após uma sequência de dias com escassez de chuvas, há previsão do retorno dela a partir do final da tarde deste sábado (31) com queda nas temperaturas.

Segundo a meteorologista Taciana Weber, nesta sexta-feira os brusquenses ainda têm a influência de uma massa de ar seco, no entanto, este cenário vai mudar de sábado para domingo com a entrada de um sistema chuvoso no Vale do Itajaí Mirim, por sinal, região muito castigada pela estiagem.

No domingo já é maior a possibilidade de chuva. A instabilidade avança por Brusque trazendo também queda na temperatura máxima, que hoje ficou na casa dos 28 ºC, sendo que amanhã pode chegar a 30 ºC e no domingo o declínio, entre 17 a 19 ºC com sensação de frio, explica Weber.

Abaixo estão inseridas as temperaturas extremas desta sexta registradas no Vale do Itajaí Mirim, dados estes extraídos junto à minha rede de estações meteorológicas padronizadas:

Temperatura pode chegar aos 30ºC nesta sexta-feira em Brusque

O dia amanheceu com tempo seco e céu encoberto no município


A semana termina com temperaturas em elevação em Brusque.
Segundo nos informa Taciana Weber, do ALERTABLU, a sexta-feira (30) terá a presença do sol, que deve aparecer por entre variação de nuvens. No decorrer da tarde, os termômetros podem alcançar os 30ºC no município, explica Weber

Abaixo temos os valores mínimos desta madrugada de sexta registrados por todo o Vale do Itajaí Mirim, dados estes extraídos junto à minha rede de estações meteorológicas padronizadas:

Temperaturas em elevação nesta quinta-feira em Brusque

Madrugada teve mínimas entre 16 e 17 ºC no município


A umidade vinda do oceano ainda garante muitas nuvens e possíveis chuviscos ocasionais e isolados entre a madrugada e a manhã desta quinta-feira (29) em Brusque. As informações são do ALERTABLU.

Ainda segundo este órgão de previsão, durante à tarde de hoje este sistema de nebulosidade perde força, o que dará lugar a maiores aberturas de sol no município e por conta disso, haverá aquecimento gradativo, sendo esperadas temperaturas máximas na casa dos 26 ºC.
E para fechar a semana, os brusquenses terão calor, com picos máximos podendo passar dos 30 ºC entre a sexta-feira e o sábado.

A quinta-feira (29) amanheceu desta forma em Brusque; céu encoberto e tempo seco.


Abaixo está a tabela onde estão inseridas as temperaturas mínimas desta madrugada de quinta, em seus respectivos locais descritos em anexo. Os dados foram extraídos junto à minha rede de estações meteorológicas padronizadas:

Primavera com temperatura acima da média em SC

Acompanhe a previsão para o próximo trimestre


A Defesa Civil de SC divulgou nesta quarta-feira (28), a previsão trimestral do tempo para SC. (Setembro, Outubro e Novembro de 2019)
A se confirmar a tendência, teremos uma primavera com temperaturas um pouco acima da média e chuvas próximas da média aqui na região de Brusque.
Confira os detalhes abaixo:


Precipitação:

Trimestre com previsão de chuva abaixo da média climatológica nas regiões Oeste e Meio-Oeste e próxima à média na região de Brusque. Para o início de setembro há indicativo de chuva melhor distribuída no estado, com valores mais significativos e aumento de temporais.

Temperatura:

A previsão é de temperatura próxima a acima da média climatológica em SC no trimestre. Especialmente na primeira quinzena de setembro ainda podem chegar massas de ar frio, com curta duração, e formação de geada fraca, sobretudo nas áreas altas do Planalto Sul. No decorrer da primavera o frio diminui gradativamente e a partir de outubro já se espera períodos mais aquecidos.

Fonte: Defesa Civil de SC/Epagri Ciram

Brusquenses terão mais um dia de tempo instável

Madrugada desta quarta-feira (28) registrou garoa isolada em pontos do Vale do Itajaí Mirim


Ao que tudo indica, a quarta-feira (28) será mais um dia com a presença de muitas nuvens em Brusque, com chance de chuviscos isolados. Aberturas de sol até podem ocorrer, mas por entre nebulosidade, segundo nos informa o meteorologista Alles Matos, do ALERTABLU.
O transporte de umidade do oceano associado à circulação marítima e a perturbações nos médios e altos níveis da atmosfera é o sistema responsável por causar a instabilidade na região, explica Matos.

Abaixo estão as temperaturas mínimas registradas na madrugada desta quarta no Vale do Itajaí Mirim, em seus respectivos locais descritos em anexo.
Podemos observar também, a ocorrência de chuvas na região porém, baixos volumes:


Com fim do El Niño, há risco de La Niña no ano que vem?

Meteorologista analisa possíveis cenários climáticos para o Brasil em 2020


O El Niño vai continuar perdendo força daqui para frente, projeta o Departamento de Meteorologia dos Estados Unidos (NOAA). Com isso, há grande chance do Brasil ter normalidade climática na primavera e no verão. 

De acordo com Heloísa Pereira, meteorologista da Somar, o enfraquecimento do fenômeno traz mudanças significativas. “As temperaturas não ficarão tão acima do normal no Sul do País quanto no verão passado”, explica.

No entanto, as chances para o desenvolvimento de La Niña aumentaram, chegando a 15% no alto verão, mas ainda perde muito para a chance de neutralidade. “Só teremos mais informações quando tivermos as atualizações necessárias da primavera, indicando o que esperar do ano que vem”, diz.

Com o fim do El Niño, o Sul pode enfrentar falta de chuva durante o verão em alguns momentos, já que a umidade estará mais concentrada entre centro e norte do país, finaliza a meteorologista.

Agradecimentos a Pryscilla Paiva, editora de Tempo do Canal Rural pelo envio destas informações.